Todo o Rio de Janeiro

NÃO TENHO MARIDO E QUERO TER UM FILHO: É POSSÍVEL?

Interesse

CoparentalidadePais AmigosTaline Schneider. Uma Rede Social para o encontro de pessoas que querem planejar, conceber, criar e educar um filho, sem a necessidade ou obrigatoriedade de um relacionamento conjugal, romântico ou, até mesmo, sexual entre os genitores. Afinal, tratam-se de seres humanos, com sentimentos. Dos 2. O documento deve ser elaborado com o suporte de um advogado de família sem preconceitos e registrado em cartório. Toda a plataforma Pais Amigos foi pensada com muito amor, carinho e cuidado, para garantir, além de um ambiente seguro, privacidade.

Contatos raparigas solteiras 528477

Anúncios sobre coparentalidade

Quem pode se beneficiar dela? Como ela é possível? Qual é o seco a passo? Mais à frente falaremos sobre cada um desses casos. Você deve estar se perguntando se a mulher pode participar deste processo.

A afirmação “Não tenho marido e quero ter um filho” é cada vez mais ouvida

Nome, Getty Images. O sonho da maternidade acompanhava Aparecida Sobral, de 39 anos, desde a infância. Ela planejava uma família com marido e filhos. O plano de se casar foi diferente após desilusões em relacionamentos amorosos.

Faça um filho comigo!

Pensei: por que preciso de tudo isso para ter um filho? Prova disso é que Taline importou a ideia e transformou a antiga fanpage no site Pais Amigos, ponto de reunião virtual que hoje conta com cercado de 4 mil inscritos. Para enxerir-se no site, é preciso responder a uma pergunta secreta com alternativas incorretas e apenas uma certa. Construída com investimentos de Taline, é parecida com um almanaque de figurinhas. Quem acessa lê o nome, a idade e a cidade do candidato. Também é possível adotar.