Todo o Rio de Janeiro

EU CASADA INFIEL COCAINÔMANA E VICIADA EM PORRA MUITA PORRA! - : UMA NOVELA PORNO

Ambiente

Tudo começou, quando um dia, meu marido drogadaço, pediu, enquanto tínhamos relações sexuais, pra eu chupar os seus amigos. Claro que depois meu marido ficou revoltado, querendo terminar, mas fizemos as pazes, seguimos assim, eu chupando os amigos dele, nas festinhas, de vez em quando. O chato é que meu marido sempre se arrepende depois, enfim Nossa estória começou a virar um vicio sexual pra mim, quando eu e o meu marido fomos a uma festa na casa de um amigo nosso, uma rave private em Angra. Mas eu conheço meu marido e sabia que depois de algumas bebidinhas ele ficaria com vontade de me mandar chupar alguém, coisa que adoro fazer, nem precisa mandar. O foda é que depois, no dia seguinte, às vezes até no mesmo dia, enfim Diego era o dono da casa e nos apresentou a um grupinho de conhecidos dele, eram uns caras cheios de correntes e pulseiras. Bebida vai, bebida vem, eu ia ficando com mais vontade de dar um teco, coisa que automaticamente me da vontade de chupar piroca, ao ver o cara da cocaína passar por mim, fiquei babando, bem soltinha e doida pra cheirar cocaína. Falei pra meninas que adorava cocaína e que faria qualquer coisa pra cheirar.

Casadas infiéis porra 830014

Comendo a vizinha gostosa muito safada real

Casada, Diva Lua De Mel Meu nome é Thalita, tenho 32 anos e uma história sexual complicada Fui iniciada pelos meus pais aos 18 anos e minha vida nunca mais foi a mesma Sou morena alta benefício brasileira, com cabelos bem escuros ondulados, olhos negros como de uma gata, seios grandes e coxas grossas com 1,78 m e 60 kg quanto deixo nas fotos que coleciono com meu corninho