item
transolimpica O Rio de Janeiro  



 Transolimpica no Rio de Janeiro

 A Transolimpica com os 26 quilômetros que ligarão o bairro de Deodoro à Barra da Tijuca através do corredor Transolímpica do BRT (Bus Rapid Transit) farão mais do que encurtar o tempo de deslocamento dos atletas entre as instalações dos Jogos de 2016.

O projeto, que está entre os compromissos assumidos pela Prefeitura do Rio com o Comitê Olímpico Internacional (COI), prevê a duplicação de importantes vias, como a Avenida Salvador Allende e as estradas de Curicica e do Guerenguê, bem como a abertura de novos caminhos entre o Maciço da Pedra Branca com a construção de quatro túneis e novas ruas.


O corredor seguirá o modelo de outros dois em construção – o Transoeste e o Transcarioca -, com vias de três pistas, cada – uma delas reservada aos ônibus articulados. Além de facilitar a vida de motoristas e passageiros de ônibus, o BRT Transolímpica será integrado ainda aos trens da Supervia em Deodoro e Magalhães Bastos, criando uma opção hoje inexistente entre esses meios de transporte. Outro ponto de integração será no trevo entre a Estrada dos Bandeirantes e a Avenida Salvador Allende, por onde passará o BRT Transcarioca, ligação entre a Barra da Tijuca e o Aeroporto Internacional Tom Jobim.


Considerada a maior obra da cidade nos últimos 30 anos, o BRT Transolímpica vai criar novas vias e cortará os bairros da Barra e Recreio dos Bandeirantes, Camorim, Curicica, Taquara, Jardim Sulacap, Magalhães Bastos, Vila Militar e Deodoro, beneficiando diretamente mais de 400 mil moradores da região, e se consolidando como uma opção à Linha Amarela para quem vive na Baixada Fluminense e nas regiões às margens da Avenida Brasil. Como nos outros corredores BRT, o transporte dos passageiros será feito em ônibus articulados com capacidade para 160 passageiros ou mais, cada um.


Todos os veículos – cerca de 60 – terão ar-condicionado, portas no lado esquerdo e piso elevado a 90 centímetros do solo, alinhado com as estações, que serão 18 entre a Barra e Deodoro, além de total acessibilidade a pessoas com deficiência. Por onde passar, o BRT Transolímpica promoverá também a urbanização do entorno. Serão construídas pistas em nível, nove quilômetros de ruas marginais, calçadas largas e travessia prioritária de pedestres, além de ciclovias e bicicletários nas estações. A expectativa da Prefeitura é de que todas as obras fiquem prontas em 2015. fonte prefeitura


NOTICIAS

Desapropriações na Zona Oeste agilizam Corredor Transolímpico

15/10/2013 17:28:00

Decretos do prefeito Eduardo Paes, publicados nesta terça-feira (15/10) no Diário Oficial do Município, declaram de utilidade pública os imóveis, em trechos de vias da Zona Oeste, para desapropriações. Objetivo é facilitar a construção do Corredor Transolímpico.

Em Magalhães Bastos haverá desapropriação parcial de quatro imóveis na Rua Salustiano Silva e um imóvel na Estrada Marechal Fontenelle


Informações sobre  Transolimpica estão à disposição no Jardim Sulacap

Das 10h às 16h, nas esquinas das ruas Teodoro Sampaio e Euzébio de Almeida, no Jardim Sulacap, já está funcionando o segundo posto de atendimento do projeto Transolímpica & Você, para dar informações sobre a construção do corredor expresso rodoviário.

 

A Transolímpica vai interligar as maiores instalações dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, como a Vila dos Atletas e o Parque Olímpico (Barra da Tijuca) e o Parque Radical do Rio (Deodoro), obra a ser concluída no primeiro semestre de 2016.

 

A exemplo do atendimento no primeiro posto, instalado em maio em Curicica (Estrada dos Bandeirantes, esquina da Avenida Salvador Allende), o novo posto, com registro e armazenamento de dados, está à disposição de todos. Além das consultas pessoais, há também atendimento pelo telefone 0800 730 0732 e pelo email atendimento2@transolimpica.com.

 

Comunicado da Secretaria Municipal de Obras saiu na quinta-feira (01/08), no Diário Oficial do Município.


              TransOlímpica, viaduto em Sulacap começa a ser construído



Viaduto fará parte da TransOlímpica, corredor expresso que ligará a Barra da Tijuca a Deodoro ao longo de 26km de via expressa, cortando bairros como Curicica, Deodoro e Sulacap.
O público terá acesso ao Parque dos Atletas, Centro de Imprensa e Centro Olímpico de Hockey, só para citar alguns locais de competição. Mas acima de tudo terá um novo corredor viário para o futuro da cidade. Previsto na obra, o viaduto de Sulacap já começa a tomar forma na Avenida Marechal Fontenelle. Os trabalhos recém-iniciados estão na fase de fundação dos pilares no meio da avenida.

Consórcio vence o Leilão

O Consórcio formado por Invepar, Odebrecht Transport e CCR, chamado Rio Olímpico, venceu o leilão do projeto da Ligação Transolímpica, realizado pela prefeitura do Rio de Janeiro, com uma proposta de R$ 57,97 milhões.

As empresas do consórcio terão de executar as obras do corredor expresso de 13 quilômetros, incluindo os sistemas de operação e manutenção. Estão previstas duas faixas por sentido e duas faixas por sentido para o BRT (Bus Rapid Transit); um túnel de 1,53 quilômetro de extensão e 48 pontes e viadutos.

O contrato terá duração de 35 anos. O  vencedor será responsável pela conservação, manutenção e operação do corredor.



Prefeitura publica edital de licitação para obra da Transolímpica


O valor estimado da obra é de R$ 1,6 bilhão e as propostas deverão ser apresentadas no dia 9 de novembro 14/09/2011 A Secretaria Municipal de Obras publica edital de licitação de concessão de obra da ligação Transolímpica.
A via terá aproximadamente 13 quilômetros ligando a Avenida dos Bandeirantes (Barra da Tijuca), até a Avenida Brasil, na altura de Deodoro.
O valor estimado da obra é de R$ 1,6 bilhão e as propostas deverão ser apresentadas no dia 9 de novembro. A Transolímpica é a via expressa que fará a ligação direta entre a Barra da Tijuca e Deodoro, dois dos principais polos de competição dos Jogos Olímpicos de 2016.
De acordo com o projeto, que integra o caderno de encargos assinado pela Prefeitura com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para a competição, a Transolímpica encurtará o tempo de deslocamento - de carro ou de ônibus - entre as duas regiões, o que facilitará o acesso do público à Barra da Tijuca .

Projeto da via Transolímpica Rio de Janeiro

O projeto de construção da via Transolímpica, que ligará a Barra da Tijuca à Deodoro dois bairros da Zona Oeste que deverão abrigar grande número de complexos esportivos.

 A construção está prevista no caderno de encargos assinado pela Prefeitura com o Comitê Olímpico Internacional para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.

 A nova via expressa atravessará seis bairros e terá 26 quilômetros (km) de extensão, com três faixas para veículos em cada sentido e uma faixa central exclusiva para o sistema de Bus Rapid Transit (BRT) em cada sentido.

A projeção inicial é que 50 mil veículos irão trafegar diariamente pela via. O sistema BRT consiste em ônibus articulados, com capacidade para 160 passageiros e estações exclusivas de embarque e desembarque.

O pagamento da passagem será feito nas próprias estações como ocorre com o metrô. As estações contarão também com baias, para permitir o fluxo contínuo de linhas expressas. Inicialmente, serão 60 ônibus, que transportarão 100 mil passageiros por dia. Esse sistema de transporte foi utilizado pela primeira vez em 1972, em Curitiba, e hoje é usado em vários lugares do mundo, inclusive na África do Sul, sede da Copa do Mundo deste ano. Bogotá é a cidade que mais apostou no BRT: são 84 km de extensão, atendendo a 1,45 milhão passageiros por dia.

Dos 26 km do trajeto, quatro serão de túneis. Também serão construídos 30km de ciclovias nas laterais da via e nas áreas marginais. As estações de BRT terão bicicletários para possibilitar e incentivar o transporte alternativo. Paes também revelou que a prefeitura está pleiteando recursos federais para a implantação da Transolímpica, mas prefere garantir e não contar com anúncio de financiamento em fim de governo.

Por isso, a construção e a operação da via será feita por meio de uma parceria público-privada. A concessão da operação do sistema BRT será por 35 anos e o vencedor será responsável pela aquisição dos ônibus, sistemas de controle, construção de garagens, construção e manutenção das estações e operação de todo o sistema. O projeto prevê um pedágio, ainda sem valor definido. O anúncio de audiência pública para discutir o projeto será feito no dia 11 de junho e do edital em setembro.

A assinatura do contrato e o início das obras devem ocorrer na primeira metade de 2011. A previsão para a conclusão da via é de 48 meses, com inauguração prevista no primeiro semestre de 2015. Os custos da obra só serão divulgados na época da audiência pública. Durante o anúncio do projeto, circulou a informação de que a Zona Portuária do Rio de Janeiro também contará com verba de uma parceria público-privada. O prefeito desconversou, mas ele é um dos maiores defensores de levar para a região parte das instalações esportivas das Olimpíadas. Extraído de: Agência Brasil

              


            TRANSOESTE                    TRANSOLIMPICA TRANSCARIOCA
     

    Partindo da Barra da Tijuca, do cruzamento das avenidas das Américas e Salvador Allende, a Transolímpica passará pela Taquara, Curicica, Sulacap e Magalhães Bastos, até chegar a Deodoro, onde desembocará na Avenida Brasil, perto da Vila Militar.

    A construção da via também será responsável por promover a inserção da região de Deodoro e Magalhães Bastos como novo polo de crescimento residencial e econômico da cidade.

      Transolimpica mais informações

    • PREFEITURA DO RIO
      Informações sobre a transoeste diretamente do site da prefeitura do rio.
    • ÔNIBUS PARA O BRT
      Modelo de ônibus articulado, fotos que deverá ser usado na via de BRT no rio de janeiro.
    • PROJETO DE CONSTRUÇÃO
      Informações, mapa, localização , projeto de construção da transolimpica no rj.
    • MAGALHÃES BASTOS - TRASOLIMPICA
      Informações sobre a transolimpica no Rio de Janeiro.
      Informações, noticias sobre a transolimpicae os brts no rj.

           



Outros Serviços

CLASSIFICADOS GRATIS  PASSAGENS AÉREAS   HOTEIS        BAIRROS DO RIO


voltar